sexta-feira, 7 de outubro de 2016

O Insólito e o Fantástico em Quadrinhos! Chegou MUNDO PARALELO!




O Insólito e o Fantástico em Quadrinhos!
Começamos aqui nossa jornada por um Mundo Paralelo!
Havia a necessidade primordial de avançar, surpreender os leitores com mundos fantásticos e aventuras insólitas!

Seguindo... por galáxias distantes, viagens pelo espaço-tempo ou por mundos obscuros infestados de criaturas sombrias, mas nunca perdendo a ressonância com nossa realidade. Compartilhando com os leitores esses universos míticos, em HQ’s fechadas, sem continue e com personagens fixos. Defendendo um posicionamento independente e de maneira profissional na busca por um Quadrinho Nacional de qualidade a um preço acessível!

Nesta edição: Eduardo Cardenas, Rodrigo Rosa, Gabriel de Mattos, Ric Milk, Stefano Robert, Caio Majado, Gian Danton, João Azeitona, Walter Pax, Sebastião SEABRA, Nando Alves, Júlio Brilha, Rose Mário, Fabio Cobiaco, Carlos Ferreira, Sam Hart, Eduardo Schaal, Walter Klattu e Mozart Couto. Mestres, incompreendidos, virtuosos, rebeldes, éticos, obsessivos, idealistas, loucos, honrados, inconformados, gênios... Simplesmente artistas!

SERVIÇO:

Revista Mundo Paralelo # 1

Formato: 21×28 cm

Capa: Papel Couche fosco 150g, cores

Miolo: Papel Couche fosco 80g, preto/branco

Páginas: 148 (152)

VALOR R$ 8,00

Lojas onde se encontra para venda a revista MUNDO PARALELO #1.“Todas trabalham com venda online através de seus sites”.

SÃO PAULO:
COMIX BOOK SHOP

http://www.comix.com.br

UGRA PRESS

http://www.ugrapress.com.br


CURITIBA:

ITIBAN COMICS SHOP

https://itibancomics.wordpress.com


Estamos fechando com outras lojas, bancas e livrarias.

Em breve, teremos uma distribuição mais ampla!


5 comentários:

  1. Parabéns pelo projeto! Vou comprar, mas espero que tenha uma opção que cebtralize aqui o nordeste.

    Conheço seu trabalho desde as revistas de lições de desenho. Muito boas! Agora poder acompanhar o processo de montagem das etapas dos desenho nos vídeos é muito interessante! Deveria iniciar um gumroad já que a didatica você já tem, seu estilo de traço dá personalidade em relação à maior parte dos que estão lá.

    Gostaria que você me tirasse umas dúvidas: qual o mínimo de memória ram que você imagina necessário pra trabalhar num xumbuntu com as imagens na resolução que você costuma apresentar nos vídeos no krita? Qual a mesa digitalizadora que vem usando nos últimos videos desde o lançamento do Krita 3.0? Sente falta de uma funcionalidade nesdes programas graficos que facilite o acesso à configuração de tamanho de pincel em tamanhos pré determinados? Afinal os matérias clássicos tendem a ser assim, canetas unipin de 0,05 a 0,9 etc. E por último, qual seria uma boa referências pra aprender a trabalhar com a técnica que você utilizou no desenho do gnomo-anão bárbaro de traçar a silueta em grandes traços em cinza para só depois trabalhar os detalhes? Já vi a técnica ser empregada com marcadore e digital, acho interessante mas numca consegui fazer bom uso dela no meu trabalho.

    Por entanto só isso. E novamente parabéns por mais esse novo trabalho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos às respostas:
      Memória RAM:
      Pelo menos 8GB de RAM. Recomendado, 16GB e ideal 32GB.

      Mesa Digitalizadora:
      Eu vario entre uma Huion H610 e uma Wacom intuos4 A4 ( só para algumas pinturas ) e uma Genius EasyPen i608 ( sem o "X" ).

      Configurações de pinceis digitais:
      Há muitas opções de configurações no Krita. No MyPaint há tantas que me confundem. Já, no GIMP faltam, embora possamos fazer muito com as curvas, propriedades de pinceis bem comuns tipo: pincel que desenha com textura e um que mistura cores e cor de fundo.

      Técnica:
      Há muitos videos com aquela técnica sendo ensinada, mas é preciso ter o tal do "talento nato", conhecimento técnico e muita prática para que as coisas aconteçam. Estude, veja videos e pratique muito.

      Excluir
    2. Obrigado pelas respostas e desculpas pelos erros, digitar no celular não ajuda. BioCyberDrama Saga comprado! Só esperando chegar. O Sketchbook tá anotado pra quando sobrar um pouquinho de dinheiro de novo.

      Vou trabalhar pra conseguir toda essa memória RAM (agora faz sentido o Kirta ser tão lento e o MyPaint funcionar tão bem no meu PC). Quanto à mesa eu realmente achei que estivesse usando uma Cintiq das grandes principalmente no último vídeo da mulher com o dragão pelo simples tamanho da imagem ser logo um A3 e pelo tamanho relativo dos ícones também. Vou ter que reclamar menos da minha intuos "mangá" pequena e procurar meios de ela me dar menos dor no ombro.

      A segunda pergunta era mais quanto a se você vê serventia em uma tabela de opçãoes predefinidas de tamanhos de pincéis, algo que existe no Clip Studio Paint -que é mais voltado pro percado japanês e pra mangá -, mas que não há nem no Krita nem no MyPaint, talvez no GIMP exista. Algo como a forma como lapiseiras ou pincéis têm uma escala pré-definida, os slider me atrapalham quando quero voltar a uma outra parte do desenho depor de ter alterado o tamanho e a forma do pincel. A abundância de opções eu conheço, quando altero pincéis no Krita é meio difícil saber desfazer o que fiz se o resultado não for o desejado. Seria até uma forma de simplificar essa abundância, afinal ninguém tem uma lapiseira 1.1, pelo menos não fácil.

      Quanto ao GumRoad ou alguma outra maneira de passar o conhecimento pra frente acho que valeria muito a pena. Pode tirar algum dinheiro, mas ensinar sempre dá muito mais trabalho que recompensa, eu sei. Mas assistindo principalmente o vídeo da Mulher com o Dragão deu pra perceber a quantidade de técnicas que você emprega que têm de ser pensadas. Além de descobrir uma nova tabela de propriedades de pressão que eu nem sabia que existia no GIMP. Eu consigo reconhecer as técnicas, traçar a forma com proporções básicas antes de pensar nos detalhes, se preocupar com os tons e composição no início, definir as formas com a borracha etc. mas não consigo aplicá-las bem.

      Me lembro que a sua didática quanto à série de revistas que circulavam na época era praticamente a unica que era realmente construtiva e não ficava nos três passos: desenhar duas retas, traçar círculos em cima das retas e por último um desenho magicamente complexo com composição definida, anatomia perfeita, hachurado definição de sombras. O seu fazia mais sentido e os resultados pra mim que lia eram muito mais sensíveis.

      Mais ou menos como os vídeos abundantes de definição de massas. Já vi muito sendo feito, mas nunca consegui entender como e feito conscientemente e como aplicar no meu trabalho. Quando perguntei me referia a algo mais complexo, como uns livros mais antigos e/ou bem explicados que poderiam ser em outras línguas, mas que fizesse mais sentido que um simples exemplo pronto e não parecesse tão mágica assim.

      Em fim, fica a sugestão de voltar a organizar a sua experiência pra que outros possam aprender com ela. Até pra fazer com que a parte gráfica não fique tão limitada ao Photoshop especialmente a partir da próxima atualização do GIMP que vai incluir o motor de pincéis do MyPaint, que na verdade já tá disponível no 2.9 de desenvolvimento. Você prova, principalmente nos vídeos no GIMP que é mais limitado, que não se precisa de tanto pra fazer grandes imagens. Aquele que as faz é muito mais importante que o programa utilizado. Só serviria pra divulgar de forma ainda mais construtiva.


      Excluir
    3. Rami,
      Infelizmente não posso responder tudo aqui. Se quiser, escreva para meu e-mail do blog para tirar algumas dúvidas. Agradeço às colocações, críticas e elogios. Continue usando sua mesa digitalizadora. Ela vai te dar tudo o que precisa para trabalhar. No gimp há presets com vários tipos de lápis, pinceis, e até outras ferramentas pré-definidas. No Krita também é possível criar, assim como no MyPaint. Estude o manual dos programas e busque videos sobre isso.Estudo e prática constantes, se há um segredo para o sucesso nessa área, pelo menos, essas duas atividades é parte importante dele.

      Excluir
  2. Formatão, muitas páginas e preço barato??
    Aí sim! Vou na Comix pegar a minha! =D

    ResponderExcluir