terça-feira, 26 de julho de 2016

Gimp 2.9.3 e Krita 3.0 em AppImage - dica rápida

Se quiser "instalar" pincéis, espaços de trabalho, bundles, etc para serem utilizados por esses dois programas em suas versões AppImage, os caminhos ( no Linux )são esses:
No GIMP AppImage 2.9.3:
/home/nome_de_usuario/.config/GIMP/2.9

No Krita 3.0 ApImage:
/home/nome_de_usuario/local/share/krita



Colority - aplicando cores a partir do navegador de arquivos ( Linux )



Agora, se você quiser aplicar cores a uma imagem, a partir do seu navegador Nautilus, ou Nemo, basta usar o script "COLORITY", que usa o filtro "Colorize Interactive", do G'mic. Quem criou o script foi Anderson Prado, batalhador antigo na divulgação dos Softwares Livres no Brasil:  http://andeons.com/
Para conferir o script, baixá-lo e aprender como instalar e usar, dê uma olhada aqui:
http://andeons.com/colority-ferramenta-para-colorir/
O script é muito útil para quando queremos aplicar rapidamente cores em alguma imagem em preto e branco que temos em alguma pasta do sistema. O processo de dolorização é feito a partir do próprio navegador de arquivos chamando o Colority com um simples clique direito sobre a imagem. A partir daí, o G'mic "colorize interactive" entra em ação. Depois de aplicadas as cores, é preciso utilizar o Krita ou o Gimp, com o G'mic instalado no sistema ( isso é muito importante para o funcionamento correto do Colority ), para mesclar a imagem base, em preto e branco com a que foi gerada pelo Colority, em cores, fechando o trabalho. A imagem em preto e branco, aberta no Gimp e também a colorida, gerada pelo script, pode ser copiada e colada como camada, no modo multiply, sobre a colorida e teremos uma imagem completa com traço preto e cores. O grande "goal" do Colority é que ele mostra na tela, enquanto estamos aplicando as cores, o conjunto de teclas de atalho necessárias para aplicar as cores, apagá-las, preencher e corrigir as cores, etc, ou seja o filtro do G'mic passa a agir integralmente no processo.

Outro projeto muito legal do Andeon, do qual participei, foi o "KAWS", já citado aqui http://blogdodesenhador.blogspot.com/2015/05/kaws-workspaces-no-krita.html Não deixem de conhecer e utilizar. Baixando esses arquivos, você pode aplicar no Krita, fácil e rapidamente, diversos espaços de trabalho, ou seja: arranjos variados das paletas flutuantes para facilitar o desenvolvimento do trabalho. Confira! http://andeons.com/kaws-workspaces-personalizadas-para-krita/

sexta-feira, 15 de julho de 2016

Azpainterb e GIMP- Editando e fazendo pequenos detalhes finais

Depois de ter terminado essa imagem, achei que algumas coisas não estavam bem. Teria que melhorar a mão direita da figura, que segura a espada ( a empunhadura) e colocar a lâmina em melhor posição com relação à empunhadura. Seria preciso uma edição. Como achei a edição do Azpainter limitada- e ainda não sei bem como lidar com ela - preferi abrir a imagem no GIMP e terminar, não só essa parte, como finalizar outras coisas que estavam precisando melhorar. O resultado final aí está.


quinta-feira, 14 de julho de 2016

Azpainterb em Português

Se você quer utilizar o Azpainterb no idioma Português, já pode baixar a tradução no blog  https://aznosekai.wordpress.com 
Como já escrevi aqui antes, esse blog foi feito pelo Adriano Araújo, apoiador dos programas da desenvolvedora japonesa Azel e que agora estão entre os programas para desenho, quadrinhos e pintura que rodam em GNU/Linux.
Link para a postagem:
https://aznosekai.wordpress.com/2016/07/11/traducao-do-azpainterb-1-0-para-o-portugues-do-brasil/
Abaixo, algumas amostras do que tenho feito no Azpainterb. Notem que o programa já está "traduzido" para nosso idioma.



Abaixo o video de como foi feito esse cara feioso aí: 

segunda-feira, 4 de julho de 2016

Um pouco mais sobre AzpainterB e o “Mundo AZ”.


Nesses videos fiz uma rápida exploração da versão do Azpainterb 1.0.0 para mostrar algumas das funções das ferramentas de pintura e outras, e de alguns dos recursos do programa, tais como: Girar a tela; mostrar algumas das opções de camadas; aplicar retículas com pinceis e com a ferramenta do “balde”, só para citar algumas. Apesar de parecer um programa simples, como já disse em outra postagem, na prática, observamos que suas ferramentas nos permitem fazer muito, se soubermos explorá-las.
Videos
No primeiro video, fiz o tour em geral, mostrando os recursos interessantes, tipo as linhas direcionadas a um ponto previamente definido, linhas paralelas, circulares, o controle do traço em vários níveis, etc.



 No segundo uma rápida imagem desenhada e colorida onde utilizei bastante uma ferramenta que gosto muito, a Freehand Fill Tool que permite a junção da pena ou do pincel com o recurso vetorial(?) de traçar, já preenchendo com a cor, criando uma espécie de “forma” que pode ser grande e larga ou fina.
Outros videos






Achei interessante acrescentar aqui um “overview” do Azdrawing, feito pelo João Mausson já que, nesse programa encontramos também recursos parecidos com os do Azpainter.
Encontrei também um outro video no qual foi utilizado o Azdrawing para a arte-final de um desenho e o Photoshop para o acabamento final para impressão.

Azpainter overview –João Mausson


Arte-final com Azdrawing e Photoshop


Para finalizar, indico para pesquisa o blog do Adriano Araújo, que é um admirador e divulgador, no Brasil, dos programas da desenvolvedora japonesa Azel: https://aznosekai.wordpress.com/  


Ainda há outro, mais antigo: http://mundoazdrawing.blogspot.com.br/ de Alex Dukal, que hoje utiliza mais o Photoshop mas que deixou um grande colaboração aos interessados em navegar nesse “Mundo AZ”.